sábado, 4 de janeiro de 2014

Escalada Maciço das Prateleiras-RJ

Pico Maciço das Prateleiras 2.548m



Diário de bordo 2º Dia
Data da Viagem 22/12/13


Partimos as 7:40 da pousada C&S em Itatiaia-RJ e já iniciamos a jornada até a parte alta do parque até o (Posto Marcão)

Obs: Para ver as imagens ampliadas basta clicar nelas que abrirá em forma de álbum. 

Como Chegar a parte alta do parque?
Partindo de Itatiaia-RJ, pegue a rodovia Dutra (BR 116) até Engenheiro Passos, pegar a estrada Rio-Caxambú (BR 354 - Circuito das Águas) por 23 Km, até o local conhecido como Garganta do Registro, à 1.669,28 metros de altitude. A partir dali seguir à direita as placas por +ou-18 km de estrada com muitos buracos até a entrada oficial da parte alta do parque (Posto Marcão). 


Serra rumo a Garganta do Registro
Parada Obrigatória
Quando chegarem aqui, vão perceber um conjunto de lojinhas de comidas tipicamente mineira como Queijos frescos, pamonhas, cural e etc.. Então aproveitamos e comemos um belo pão com queijo. 
Lojinhas de Comidas Tipicas e lembrancinhas
Pão com Queijo R$3,00
De barriga cheia siga a direita até o Posto Marcão (Portaria da Parte Alta).

Entre à direita

hora de fazer o carro sofrer nessa estrada
Posto Marcão
Finalmente as 9:20 chegamos no Posto Marcão onde esperamos um pouco nosso guia (Felipe Dias) chegar para fazermos o preenchimento da papelada, como autorização e pagamento das taxas... Como no dia anterior na parte baixa já havíamos pago a entrada que dava direito a dois dias de acesso ao parque, apenas apresentamos o cupom fiscal comprovando o pagamento. Assinamos o termo de responsabilidade e o Guia recebeu uma braçadeira com um número de identificação. 
Logo partimos com os carros por mais 200 metros a frente para deixar os carros no estacionamento, fazer os últimos ajustes na mochila e partir rumo ao maciço das prateleiras.



E antes de chegar no abrigo Rebouças conhecemos o Sapinho "Flamenguinho" uma espécie endêmico do Parque. Na verdade estes sapinhos são mascote e ícone do parque! 


Sapinho Flamenguinho

E logo chegamos no abrigo Rebouças, onde enchemos as garrafas, tomamos um fôlego e já partimos rumo a trilha para o pico das prateleiras; 


Abrigo Rebolsas
Bifurcação que leva ao Pico das Prateleiras ou Abrigo Rebouças 
Depois de retomar as energias é hora de por o pé na trilha novamente, e uma das vantagens é que embora seja recomendado sempre estar acompanhado por um guia, o parque é bem sinalizado indicando o caminho das trilhas e os seus principais destinos.




Embora ficamos extasiados com tanta beleza natural, não podemos deixar de prestar atenção na trilha, visto que esconde alguns perigos como este que consegui registrar. 



Perigos a parte o jeito é continuar no ritmo que ainda falta bastante para o nosso objetivo. 



Segunda parada para abastecimento de água, e apreciar o Pico pela primeira vez!! Sem dúvidas é de tirar o fôlego imaginar que em alguns minutos estaríamos la no topo assinando o livro de chegada.



Maciço das Prateleiras 2548m
Agora mirando o topo daquela montanha a vontade de estar la em cima é ainda mais forte e com essa motivação começamos a jornada via face sul em um terreno bem pedregoso e cheio de trepapedra. E la vamos nois!! 





La mano (A mão)
Recarregando as energias


Neste ponto resolvemos se continuaríamos ou se voltaríamos daqui, visto que a neblina estava cada vez mais intensa e acabara deixando as pedras escorregadias o que dificultaria ainda mais as partes de escalada. Mas no final das contas aos pouquinhos mesmo em meio as dificuldade das pedras um pouco molhada conseguimos passar por algumas passagens e até mesmo escalar algumas pequenas chaminés. 



A neblina tomava conta do cenário


Momentos que nos perguntávamos: Como essas pedras foram parar aí? 
Finalmente estamos quase chegando na reta final, nesta etapa o Guia Felipe Dias armou todo o aparato para subirmos com segurança, e também passou as informações necessárias para subirmos de forma segura e conhecendo alguns equipamentos que para alguns de nós se fazia desconhecido. 


Montagem dos equipamentos



Uma pequena pausa para o próximo passo... e estamos quase lá.. 






E finalmente chegamos ao nosso destino final O TOPO!! \o/ 
E lá estava uma de nossas recompensas, O LIVRO!! Massss epa epa epa havia uma surpresinha nada agradável.. 





Depois de retirar nossa amiguinha nada amigável, assinamos o livro da "Conquista" e aproveitamos para dar uma espiadinha nas outras assinaturas de outros aventureiros que também já alcançaram este pico tão sensacional. 


Filipe Assinando o Livro de Chegada ao Topo do Maciço das Prateleiras 


Hora da descida, e como diz o ditado: "Para descer todo santo ajuda"... recebemos uma ajudinha, só que do nosso Guia.. Descemos um bom trecho em Rapel. O que deixou a aventura ainda mais emocionante e em meio a um cenário não muito convencional em meio a tanta neblina. 




Rapel \o/ 
E depois que todos desceram tiramos mais uma foto, só que agora de todo o grupo!!


Da esquerda para direita- Filipe Miranda, Filipe Dias(Guia), Jefferson Magnani, Jefferson Santana(Eu)
E a partir daqui a descida foi ainda mais complicada visto que a chuva começou a ficar ainda mais forte, o que deixou a aventura ainda melhor!! 




Depois de mais alguns minutos chegamos em um lugar que batizei de "La Mano" (A mão) que mais parece uma poltrona em forma de mão. 


Poltrona em forma de Mão (La Mano)


Ele ia empurrar a pedra para baixo mas não deixamos... rsrs

A partir daqui não tivemos tantas novidades e por volta das 16:00 chegamos até o posto Marcão ponto inicial da nossa aventura, onde nos despedimos do Guia Felipe Dias... E também nos despedimos do Parque Nacional do Itatiaia com um gostinho de voltaremos em breve!! 

Para conhecer as Cachoeiras do Parque Nacional na Parte 1 desta Aventura Click Aqui!! 

Espero que tenham gostado e até a próxima aventura!! \o/